Pular para o conteúdo

e-Kanban

texto escrito em azul e verde Janeiro branco, mês da saúde mental​ e uma ilustração de cérebro com flores

Janeiro branco, mês da saúde mental

Temos noção de práticas individuais fora do mundo do trabalho que ajudam a ter saúde, como dormir bem, tomar água, exercitar-se.

Fatores que contribuem para a saúde mental no trabalho

Já no trabalho, começam a aparecer fatores que deveriam ser óbvios, sabemos, mas não são: um ambiente agradável no qual existe a chance de crescer e com pessoas que acabam virando suas amigas.

Para além disso, benefícios para além do salário como plano de saúde e coisas mais não tradicionais como dias de folga, de vestimenta casuais e momentos de relaxamento e lazer no próprio emprego também podem ajudar no quesito saúde mental, tudo depende de quem está sendo ouvido e do que está sendo comunicado.

Porém, focando numa prática mais específica, que é o trabalho do dia a dia e o esgotamento que pode se ter com tarefas repetitivas, falemos de automatização de processos:

  • Tirar as tarefas da cabeça e colocar no papel/app, por exemplo, pode aliviar a sensação de loop com coisas a fazer sem saber direito o quê.
  • Quando se pensa em atividades para apenas um cliente, pode parecer mais tranquilo não pensar em automatizar; mas é só multiplicar por 5, 10, 15 que conseguimos já ter noção do desgaste que pode gerar.
  • Desgaste esse que pode ser mais propenso a erro, gerando culpa e o temido e cansativo retrabalho.

 

A questão, no fim, acaba sendo sobre o tempo e seu gerenciamento.

Quanto melhor lidamos com o que temos que fazer, mais conseguimos lidar com nossas questões e dos outros, seja no trabalho ou fora dele.