Contrato de Prestação de Serviços: Você ainda comete esse três erros?

Cumprir com as obrigações firmadas com os clientes através do contrato de prestação de serviços é preciso. Por hábito, falta de tempo e/ou sobrecarga, podem acontecer enganos no desenrolar dos processos contábeis.

Erro número 1: Se perder na papelada

Antigamente, tínhamos pastas para organizar o fluxo de documentos. Hoje, além de serem praticamente todos digitais, precisamos de software para nos guiar em meio à burocracia.

Tomemos por exemplo os processos societários:

A simplificação e a automação viraram partes do nosso cotidiano, o que faz com que busquemos sempre executar o contratado da forma mais rápida e precisa possível.

Erro número 2: Não ter painel de referência

São muitas as metodologias, como OKR ou Kanban, seja qual for a escolhida, para prazos e reports aos clientes o melhor é uma equipe de olho no painel de gestão.

Recomendo essas três perguntas como norte:

  1. Como está o andamento do processo?
  2. Quais atividades ainda faltam?
  3. Existe atraso ou tudo está em dia com o cronograma?

Erro número 3: Excesso de atividades para o mesmo processo

Partindo do ponto no qual já se usa a automatização das tarefas, também é importante:

  • Saber quais são todas as tarefas
  • Mensurar o tempo de execução
  • Ter toda equipe ciente do processo

A automação (ou automatização, se você preferir) tem muito a ver com otimização. Aquela tarefa que demandava 2 ou 3 atividades, agora se faz uma única vez.

E, caso haja dúvidas, sabe aquilo de mostrar trabalho? Pois bem, o cliente recebendo as notificações dos andamentos dos processos, é uma forma literal de mostrar isso, gerando mais valor ao seu contrato de prestação de serviços.

Existem várias jeitos de se chegar ao mesmo resultado. Simplificar e automatizar processos é um deles.

Boa sorte!

Comments are closed.